Conhecendo um pouco sobre os fundamentos do Seis Sigma

RESUMO

Nos dias atuais, qualidade é uma questão indispensável, uma necessidade para quem deseja se estabelecer no mercado globalizado. Grandes empresas começam a ter essa consciência e cada vez mais, buscam melhorias para oferecer melhores produtos e serviços aos seus clientes. Saber detectar problemas, testar idéias e encontrar soluções eficazes, deve fazer parte da rotina de uma empresa[1]. O intuito deste intento é ilustrar o conceito da metodologia Seis Sigma através do método DMAIC[2] e as fases de implantação de um projeto de seis sigma.

seis-sigma

Figura 1: Seis Sigma – DMAIC

INTRODUÇÃO

A busca pela qualidade ganhou força na década de oitenta, com destaque para os modelos de gestão japoneses, e passou a representar nesta virada de século, um pré-requisito para a sobrevivência de grandes empresas produtivas e prestadoras de serviço em todo o mundo. Sem alternativas, as organizações passaram a reavaliar seus processos, buscar aperfeiçoá-los e atingir a qualidade em seus produtos por meio da redução de suas falhas, que comprometem sua imagem junto ao mercado. Um dos programas de maior destaque, que busca melhorar a qualidade com redução dos custos desta má qualidade é conhecido por Seis Sigma.

 Pysdek (2003) afirma que:

“Seis Sigma é uma ferramenta que possui como objetivo implementar de forma rigorosa, objetiva e eficaz técnicas já comprovadas de qualidade, utilizando-se para isso da matemática (em especial a estatística) e da mais alta tecnologia”[3].

O que é Seis Sigma

Seis Sigma é uma implementação rigorosa, focada e altamente eficiente nas técnicas e princípios de qualidade comprovada. Seis Sigma visa o desempenho dos negócios praticamente sem erros. Sigma (σ) é uma letra do alfabeto grego utilizada pelos estatísticos para medir a variação em qualquer processo.

Por que Seis Sigma.

Em meados de 1980, a Motorola ainda não sabia como tratar o assunto. Bob Galvin, o número Um da Motorola na época, implementou na empresa uma metodologia de qualidade conhecida como Seis Sigma e tornou-se um ícone no mundo dos negócios com o êxito que a Motorola alcançou em qualidade, Através do Seis Sigma, a Motorola tornou-se conhecida como líder de qualidade e lucratividade.

A Filosofia Seis Sigma.

Seis Sigma é a aplicação do método cientifico para o projeto e operação dos sistemas de gerenciamento e processos de negócios, os quais dão condições aos funcionários de entregarem mais valor aos clientes e empregadores.

Segundo WERKEMA Cristina:

“O Seis Sigma é uma estratégia gerencial disciplinada e altamente quantitativa, que visa aumentar a lucratividade das empresas através da otimização de produtos e processos com o conseqüente incremento da satisfação de clientes e consumidores”.

Jack Welch, o número Um da GE, começou a se interessar pelo Seis Sigma a partir da experiência da AlliedSignal. Em 1996, o primeiro ano do programa na empresa, a GE investiu 200 milhões de dólares para treinar 200 Master Black Belts e 800 Black Belts e mais de 60 mil Green belts, dentre uma força de trabalho de 222 mil.

Em 1998, os 500 milhões de dólares investidos no Seis Sigma, foram recompensados por ganhos da ordem de 750 milhões de dólares. Em 1999, foram obtidos ganhos de 1.5 Bilhão de dólares.

Segundo Jack Welch, “Esses resultados financeiros são conseqüência do aumento de market share[4], à medida que os consumidores, cada vez mais “sentem” os benefícios do Programa Seis Sigma da GE em seus próprios negócios”.

O que Há de novo no Seis Sigma

Segundo WERKERMA Cristina, “O Seis Sigma parece não envolver nada de novo; são utilizadas ferramentas estatísticas conhecidas há anos na busca da eliminação de defeitos em todos os processos da empresa”.

seis-sigma

Figura 2: Variabilidade de um processo ao nível sigma

Modelos de Elaboração de projetos

Existe no mercado diversos modelos, nas quais mencionamos os dois modelos mais utilizados na elaboração de projetos utilizando o método DMAIC, sendo o primeiro o método EDTI desenvolvido pela empresa de consultoria EDTI[5], que utiliza dentro dos conceitos do DMAIC os cinco passos para a elaboração de um projeto, sendo:

  • E – Entender a situação atual
  • D – Desenvolver mudanças
  • T – Testar mudanças
  • I – Implementar mudanças

Já o outro método, considerado tradicional no âmbito corporativo, é o modelo desenvolvido e aplicado pelo “Gemba Academy”[6] uma das instituições Americanas mais renomadas em matéria de produção enxuta e melhoria continua, na qual utiliza-se a metodologia do DMAIC, aplicando-se os 12 passos para a elaboração de um projeto tais como:

  • Selecionar as características de saída;
  • Definir padrões de execução;
  • Validar Sistemas de medição;
  • Estabelecer capabilidade de Processo;
  • Definir Objetivos de execução;
  • Identificar origens das variáveis;
  • Examinar causas potenciais;
  • Descobrir Relações de variáveis;
  • Estabelecer tolerâncias de funcionamento;
  • Validar Sistema de Medição;
  • Determinar capabilidade de processo;
  • Implementar controles de Processo;

DESENVOLVIMENTO

O Método DMAIC

Um dos elementos da infra-estrutura do Seis Sigma é a constituição de equipes para executar projetos que contribuam fortemente para o alcance das metas estratégicas da empresa. O desenvolvimento desses projetos é realizado com base em um método denominado de DMAIC.

O Método DMAIC é constituído por cinco etapas:

D – Define (Definir) –  Defina com precisão o escopo do projeto;

MMeasure (Medir) –  Determinar a Localização ou foco do problema;

AAnalyse (Analisar) – Determinar as causas de cada problema, teste as inferências entre as causas raiz e estude novas mudanças;

I –  Improve (Melhorar) – Propor, avaliar e implementar soluções para cada problema prioritário;

C – Control (Controlar) – Garantir que o alcance da meta seja mantido ao longo do prazo.

Patrocinadores e Especialistas do Seis Sigma

Para que a metodologia Seis Sigma tenha sucesso em qualquer organização, é necessário que esta organização disponibilize recursos necessários para o treinamento e a formação do time de Seis Sigma, com o perfil apropriado, que se transformarão em patrocinadores do programa ou em especialistas no método e nas ferramentas Seis Sigma. Esses patrocinadores e especialistas são apresentados a seguir conforme a pirâmide do seis sigma.

seis-sigma

Figura 3: Pirâmide do Seis Sigma

  • Sponsor do Seis Sigma – É o número “Um” da empresa, responsável por promover e definir as diretrizes para a implementação do Seis Sigma;
  • Champions – É um dos diretores da empresa. Esse gestor tem a responsabilidade de assessorar o Sponsor do Seis Sigma na implantação do programa;
  • Máster Black Belt – São considerados como sendo o coordenador do programa seis sigma. Esta função representa o especialista TOP nas ferramentas estatísticas, tendo como papel em assessorar os Black Belts nas conduções de seus projetos;
  • Black Belts – Lideram equipes na condução de projetos multifuncionais ou funcionais, alcançando maior visibilidade na estrutura do seis sigma. Para se tornar um black belt é necessário ter como perfil: iniciativa, entusiasmo, habilidades de relacionamento interpessoal e comunicação, motivação para alcançar resultados e efetuar mudanças, influência no setor que atuam e elevado conhecimento técnico em sua área de trabalho é uma característica desejável.
  • Green Belts – São profissionais que participam das equipes lideradas pelos Black Belts (Projetos multifuncionais ou funcionais) ou lideram equipes na condução de projetos funcionais. Perfil dos Green Belts é similar a dos Black Belts, mas com menor ênfase nos aspectos comportamentais e na aplicação de ferramentas estatísticas.
  • White Belts – São profissionais do nível operacional da empresa, treinados nos fundamentos do Seis Sigma para que possam da suporte aos Black Belts e Green Belts na implantação dos projetos.

CONCLUSÃO

O Seis Sigma é sem dúvida uma metodologia fantástica que resulta em lucros grandiosos para uma companhia; Vimos exemplos claros de companhias que conseguiram resultados fantásticos. Porém, para que uma Organização obtenha lucros em longo prazo, por meio de programas Seis Sigma, se faz necessário que esta organização esteja disponível a investir na formação de um time altamente capaz em trazer soluções para esta organização e que haja um engajamento desde o número “Um” da empresa até os níveis operacionais que irão compor os times multifuncionais de cada projeto. Sem dúvida, havendo esse comprometimento, os resultados serão fabulosos, a cultura seis sigma estará difundida em toda a parte da organização.

BIBLIOGRAFIA

Notas:

[1] Disponível em: www.administradores.com.br/producao-academica/…sigma…/download/

[2] DMAIC (sigla para os termos Define, Measure, Analyse, Improve e Control). Disponível em: http://www.citisystems.com.br/dmaic-definir-mensurar-analisar-melhorar-controlar/

[3] http://www.ogerente.com.br/qual/dt/qualidade-dt-6sigma_ferramenta_falhas.htm

[4] Market Share. Grau de participação de uma empresa no mercado em termos de vendas. https://www.google.com.br/?gws_rd=ssl#q=market+share

[5] http://www.escolaedti.com.br/

[6] https://www.gembaacademy.com/products/school-of-six-sigma

junio_reis

Sobre o Colunista: 

Junio Carvalho Reis, cursou até o 4º ano de Administração de empresa, é graduado em Gestão Industrial, pós-graduado em Engenharia da Qualidade, MBA em Gestão Ambienta, formação em Green Belt pela EDTI e formação em Green Belt e Black Belt pela Voitto Consultoria. Atualmente atua como gestor de Sistema de Gestão da Qualidade Automotiva. Possui 12 anos de experiência na indústria, dentre eles nos set ores automotivo, indústria gráfica, indústria de informática. Possui experiências com implantação de sistemas de Gestão e auditorias de SGQ ISO 9001, ISO TS 16949, ISO 14001, QSB FIAT,QSB GM, e OCP. Possui experiência com certificação de produtos Inmetro (OCP) nas normas de fabricação de botijões, válvulas, cilindros industriais, extintores de incêndio e tanques GNV.Atua como líder de grupos de melhoria, promovendo projetos de kaizen e projetos de seis sigma como Green Belt. E-mail de contato: juniocarvalhoreis@bol.com.br

Se você tem comentários, sugestões ou alguma dúvida que gostaria de esclarecer, aproveite o espaço a seguir.

1 comentário


  1. 3 meses atrás  

    Concordo com o autor, apesar de não ser uma metodologia nova (década de 80) o Seis Sigma ainda e muito utilizado nas empresas, visto como grande diferencial competitivo no setor de serviços e para manufataras os conceitos como desvio padrão e medições estatísticas já estão incorporados nas analises de dados e relatórios. Vale ressaltar que a metodologia vem passando por mudanças como a fusão com a Lean se tornando Lean/Six Sigma que amplia o foco de apenas redução da variabilidade dos processos para também redução de desperdícios, maximizando ao máximo os recursos disponíveis e consequentemente levando a organização a melhores resultados financeiros e de eficiência. Outro ponto interessante e o de se mesclar varias metodologias para gestão de projetos , por exemplo: inserir o ciclo DMAIC com as ferramentas de Lean/Six Sigma dentro das boas práticas do PMBOK que podem complementar a Lean/Six Sigma adicionando variáveis como gerenciamento dos riscos, entre outras.

    Tharcio Alves

Deixe uma resposta