3 comentários


  1. 7 meses atrás  

    Apesar do foco inicial do artigo ser sobre palavras estrangeiras utilizadas no mundo empresarial, o que chamou a minha atenção foi o fato de existir duas vertentes de projetos, uma baseada em algo totalmente novo e uma versão readaptada ou continuação de algo já existente. No artigo, o autor cita “em Hollywood parece ser uma mina de ouro (apenas duas das vinte maiores bilheterias mundiais da história são de projetos greenfield).” o que leva a crer que muitas vezes queremos encantar com inovações, mas nem sempre o ideal é “reinventar a roda”, mas temos grandes oportunidades de aperfeiçoar o que já existe, sem esquecer que dos riscos no caso dos “blackfield”

    Valéria Sousa

  2. 7 meses atrás  

    É fato que diversas palavras e expressões da língua inglesa são muito usadas na vida cotidiana e no ambiente de trabalho. Embora as expressões Greenfield e Brownfield não estejam tão presentes na minha rotina de trabalho, assim como budget, stakeholders, timeline, issue,etc, a analogia com produções de cinema facilita a compreensão. Os projetos Greenfield são geralmente oriundos de ideias inovadoras, sem influência e/ou referência de projetos anteriores, onde há maior liberdade para estabelecer metas, rotinas e métodos. Assim como no cinema, este tipo de projeto e/ou empreendimento enfrenta um cenário maior de risco e incerteza. Por outro lado, os projetos Brownfield se desenvolvem na presença de estruturas existentes e referências anteriores. Este tipo de projetos pode até conhecer o “caminho das pedras” para seu desenvolvimento, mas também deve saber lidar com o histórico e contexto existente (no caso de uma reforma ou demolição de um prédio, por exemplo) e as expectativas previamente criadas pelas referências anteriores (exemplo: refilmagem de um filme consagrado).

    Matheus Lage Miranda

  3. 8 meses atrás  

    Com o mundo globalizado e a integração entre os povos está cada vez mais evidente a necessidade e utilização de palavras na língua inglesa na comunicação nos diversos nichos de mercado, inclusive na gestão de projetos. Várias expressões e palavras ficam mais evidentes quando utilizado na língua inglesa, ou até mesmo não há tradução que exemplifique na língua portuguesa, como o caso dos termos greenfield e brownfield.
    Os projetos greenfield são projetos inovadores com diversas oportunidades de implantar as metas, hábitos e desenvolver os recursos conforme a necessidade, sem influências de projetos antigos. Existe muita incerteza no mercado e seu provável crescimento lento pode justificar o número de filmes de Hollywood estruturados no modelo de projeto brownfield.
    Os projetos brownfield existe muito mais rapidez para tocar o desenvolvimento no mercado, aproveitando a gama de clientes (espectadores), o know-how de mercado que faz o investimento menos arriscado.

    Vanessa Vaz

Deixe uma resposta