A startup brasileira que vai fazer prédios com impressão 3D

A falta de moradia adequada é um dos maiores desafios globais hoje. No Brasil, mais de 11 milhões de pessoas vivem em favelas, segundo dados do último Censo. E a jovem empreendedora Anielle Guedes quer ajudar a acabar com esse problema.

Com apenas 23 anos, Anielle é dona da Urban 3D, uma startup que tem chamado a atenção da ONU e do governo norte-americano. A empresa quer “apenas” revolucionar uma das indústrias mais estratégicas do mundo: a construção civil. Como? Usando tecnologias de ponta como robótica, impressão 3D, internet das coisas e softwares avançados de gestão.

Leia a notícia completa em: http://exame.abril.com.br

Deixe uma resposta