ConstruBR 2016 discutirá produtividade e competitividade na indústria da construção

Para gerente do CBCA, apoiador do evento, debate é importante para o cenário brasileiro que passa por transformações

A indústria da construção civil passou por grandes transformações nas últimas décadas no Brasil, que exigiram novos desafios. Para discutir a sua competitividade e produtividade, o SindusCon-SP realizará nos dias 14 e 15 de abril a 2ª edição do ConstruBR, paralelamente a Feicon Batimat.

O ConstruBR visa a inteligência, tecnologia e gestão para o desenvolvimento de negócios da construção. Tem como objetivo identificar as necessidades do setor para garantir o crescimento e promover discussões a fim de criar novas políticas para superar os desafios do cenário econômico atual.

O presidente do SindusCon-SP, José Romeu Ferraz Neto, destaca a importância da realização do evento na atual conjuntura. “Durante dois dias vamos promover um amplo debate sobre temas como produtividade, construção industrializada, sustentabilidade, habitação, infraestrutura, parcerias público-privadas, novos negócios e combate à corrupção. A intenção é abrir novos horizontes e preparar as empresas para enfrentarem a nova realidade econômica dos próximos anos”, afirma.

“Os temas são de grande importância para o atual cenário brasileiro, que tem passado por transformações. Agora é a hora de mudar, de avançar em relação à industrialização, sendo mais produtivos e sustentáveis. O mundo atual não comporta mais tanto desperdício em obras”, opina a Gerente Executiva do Centro Brasileiro da Construção em Aço (CBCA), Carolina Fonseca.

O evento contará com a participação de empresas e palestrantes nacionais e internacionais comprometidos com o crescimento do setor. Já estão confirmados: o presidente da Comissão de Habitação, da Câmara Chilena da Construção, Rogelio Gonzalez; o Doutor em produtividade na construção da Poli-USP e Pennsylvania State University, Ubiraci Espinelli; o diretor do Departamento de Competitividade da Fiesp, José Ricardo Roriz Coelho, entre outros.

Na abertura será apresentado o estudo “O desafio de elevar a produtividade da construção no Brasil”, que mostra os números da produtividade da construção para o período de 2003 a 2013 do Brasil e um conjunto de 17 países.

O ConstruBR 2016 terá ainda uma mesa redonda sobre áreas contaminadas e o uso racional de água e energia, além de um painel dedicado à industrialização da construção e o impacto na produtividade no canteiro.

Oportunidades de investimentos

No segundo dia do evento (15 de abril) será apresentado o estudo “A atratividade das sub-regiões do estado de São Paulo”, realizado pela Deloitte em parceria com o SindusCon-SP, que avalia as oportunidades de investimentos em 10 cidades paulistas.

Haverá ainda painel sobre habitação e infraestrutura, com a presença do secretário-executivo da PPP da Habitação, João Octaviano Neto, além da apresentação do estudo “Desafios do mercado de habitação popular e HIS”, seguido de cases de sucesso de Chile, Colômbia e México. A programação será encerrada com um importante debate sobre anticorrupção e insegurança jurídica.

Para mais informações e inscrições, clique aqui.

Serviço

ConstruBR
Data: 14 de abril (das 9h às 18h) e 15 de abril (das 8h às 18h)
Local: Hotel Holiday Inn Parque Anhembi (Sala Jequitibá Branco), em São Paulo.

Informações e inscrições, clique aqui.

Sobre o SindusCon-SP

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) é a maior associação de empresas do setor na América Latina. Congrega e representa 650 construtoras associadas e 15 mil filiadas em todo o estado. A construção paulista representa 27,5% da construção brasileira, que por sua vez equivale a 5,5% do Produto Interno Bruto do Brasil.

Assessoria de imprensa SindusCon-SP

Aline Horvath: [email protected] | Tel.: (11) 3334-5688
Andrea Ramos Bueno: [email protected] | Tel.: (11) 3334-5701
Enzo Bertolini: [email protected] | Tel.: (11) 3334-5659

Deixe uma resposta