Projeto de viaduto para substituir rotatória recebe licença ambiental

A Prefeitura de Campo Grande anunciou hoje no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) a obtenção da licença prévia para construção do aguardado viaduto entre as Avenidas Gury Marques e Interlagos, na saída para São Paulo.
A licença ambiental, emitida pela Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) para a Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) vale por 18 meses, mas não quer dizer necessariamente que o projeto sairá do papel tão cedo.
A expectativa é que a obra, um dia, substitua a intervenção que hoje é conhecida como Rotatória da Coca-Cola. O local frequentemente fica com tráfego intenso de veículos, especialmente nos horários de pico.
O projeto para o viaduto existe há 4 anos, já tem até maquete e está incluido no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade Urbana, que demandará recursos da Caixa Econômica Federal, mas, por enquanto, está parado.
Em janeiro de 2015, uma empresa contratada pelo legislativo municipal para a a elaboração de um estudo sobre a viabilidade técnica de construção do Viaduto orçou a obra em R$ 31 milhões.
Em nota, a Prefeitura afirmou que o projeto está em fase de aprovação na Caixa Econômica Federal e ainda não há prazo para o lançamento do edital de construção, que é a próxima etapa do projeto.

Fonte: http://www.aquidauananews.com

Deixe uma resposta