P2M (PMAJ)

Significado da Sigla:

P2M – (Project and Program Management for Enterprise Innovation)

Livre Tradução:

Gerenciamento de Projetos e Programas para Inovação Empresarial

Instituto ou Associação:

PMAJ – (Project Management Association of Japan) – http://www.pmaj.or.jp

Representação no Brasil:

Desconhecido (N/A)

Certificação::

O PMAJ oferece três níveis de certificação P2M. As certificações devem ser realizadas em sequência ou períodos intercalados para ganhar mais experiência em projetos cada vez maiores.

O exame de certificação P2M é rigoroso. O exame é realizado em duas etapas: faz-se um plano para realização, baseado num ensaio e um segundo dia para a entrevista e triagem de experiência. As taxas são não reembolsáveis.

PMS – Especialista em Gestão de Projetos

O nível de certificação inicial P2M é o especialista em Gestão de Projetos (PMS). A prova escrita baseada no conhecimento utiliza questões dissertativas para que o candidato possa demonstrar a correta aplicação da terminologia e técnicas. O processo de certificação inclui também uma entrevista e uma sessão de experiência reivindicada. A experiência em projeto ou gestão do programa ou a participação não é obrigatória.

PMR – Gerente de Projeto de Registro

O nível de certificação intermediária é o Gerente de Projeto registrado (PMR). A PMR é competente para conduzir todos os aspectos dos projetos. Os requisitos para a certificação PMR são:

  1. Certificação PMS em boa posição;
  2. 3 anos de experiência participando de projetos de 10 ou mais pessoas;
  3. Passar por um exame e uma entrevista baseada no conhecimento;
  4. Passar por um exame baseado em capacidade;

PMA – Gerente de Gerenciamento de Projetos

A certificação P2M nível mais alto é o Gerente de Gerenciamento de Projetos (PMA). A certificação PMA indica que esta pessoa pode levar grandes programas em toda a empresa e projetos significativos. Essa pessoa é bem adequada para liderar alto risco ou projetos críticos da empresa e programas.

Os requisitos para a certificação PMR são:

  1. Certificada como um PMR em boa posição;
  2. 10 anos de experiência trabalhando em grandes projetos (ou programas) que envolvem vários sistemas em grandes organizações. Os projetos devem consistir de pelo menos 50 pessoas;
  3. Passar por um exame e uma entrevista baseada no conhecimento;
  4. Passar por um exame baseado em capacidade;

Mais Informações:

O P2M é “Um Guia para a Gestão de Projetos e Programa de Inovação Empresarial”, produzido pela Project Management Association of Japan (PMAJ), uma organização sem fins lucrativos, responsável pela promoção do gerenciamento de projetos e sistema de qualificação e certificação para gestão de projetos, a fim de promover o desenvolvimento do pessoal de gerenciamento de projetos. Para que estes sejam capazes de criar e entregar valor em um ambiente complexo e em mudança, é também o responsável pela manutenção e atualização de P2M.

Este Guia tem por finalidade apresentar uma visão geral do guia de gerenciamento, proporcionando orientações para a inovação empresarial através da gestão de programas e projetos.

De acordo com a PMAJ (2005), o P2M é destinado não só para beneficiar organizações japonesas, mas de forma rentável, pode-se aplicar a todas as organizações globais que buscam um guia completo para gestão de programas e projetos.

Todo projeto possui uma estrutura para o seu gerenciamento formal, cujo método ou padrão constitui-se de fases, etapas ou partes. Isto se faz necessário para “quebrar” o projeto em quantidades menores e possibilitar um melhor gerenciamento, planejamento e controle do mesmo. Ao conjunto destas fases, etapas ou partes dá-se o nome de ciclo de vida.

Ciclo de Vida baseado no P2M

 Ciclo de Vida do P2M (PMAJ) – clique para ampliar

O ciclo de vida é um procedimento utilizado para o aprimoramento da resolução de problemas no projeto como um todo, em suas fases e fluxos de trabalho, bem como a melhoria na eficiência e eficácia.

A ação é tomada com base em cinco elementos do processo: concepção, planejamento, implementação, coordenação e entrega. Este conjunto de elementos do ciclo de vida também corresponde aos padrões de ação para a tomada de decisão para todo o projeto.

O processo de concepção deve envolver originalidade, ideia e otimização para fornecer uma base adequada para o lançamento e planejamento de um projeto.

O processo de coordenação visa uma solução por meio de consulta entre as partes interessadas quanto à ocorrência de problemas e identificação de suas causas. A coordenação envolve o monitoramento de fatores ambientais, como mudanças conjunturais, fatores acidentais, a interferência entre os objetivos, os obstáculos à colaboração e avarias.

Os processos apresentados no ciclo de vida do projeto são definidos pelo PMAJ (2005) em seu Guia para gestão de projetos (P2M). É interessante salientar que neste guia de referência se procura dividir a Gestão de Projetos em 11 segmentos ou áreas de conhecimento: estratégias, sistemas, objetivos, riscos, relacionamentos, finanças, organização, recursos, tecnologia da informação, valor e comunicação. Comparando-se às dez áreas do PMBOK® (2012) percebe-se que o P2M (2002) pretende ser mais sistêmico e abrangente, procurando dar ênfase a áreas do processo chave para o sucesso na gestão de uma organização (como estratégia, sistemas, relacionamentos, finanças e tecnologia da informação). Consiste de quatro seções: Entradas do Projeto, Gestão de Projetos, Gestão de Programas e Gestão de Segmentos de Projetos.

Framework:

Framework para Gerenciamento de Projetos baseado no P2M

 Framework do P2M (PMAJ) – clique para ampliar

Referências:

– http://www.pmaj.or.jp/ENG/P2M_Download.htm

– http://www.pmaj.or.jp/p2m/exam/shikaku_kaitei.html

– http://www.technologyfirst.org/magazine-articles/78-july-2010/529-p2mr-project-management-japanese-style.html

– PMAJ – Project Management Association of Japan. 2005. A Guidebook of Project & Program Management for Enterprise Innovation. Volume I, Revision 3. October 2005 e Volume II, Revision 1. October 2005, Translation by Shigenobu Ohara.