Project Management Knowledge Base – Conhecimento e Experiência em Gerenciamento de Projetos

Clique Aqui para uma busca avançada.

As Consequências da Má Comunicação Dentro do Canteiro de Obras na Construção Civil

Publicado em 28/11/2018

RESUMO

O presente artigo tem como objetivo elucidar os principais efeitos da má comunicação no canteiro de obra no âmbito da construção civil. É sabido que para obter sucesso no gerenciamento de projetos umas das premissas necessárias é o uso de uma comunicação clara e explicativa, porém, esse artefato muitas vezes é utilizado de maneira errada o que gera atrasos, desperdícios, prejuízos e até desmotivação entre os funcionários. Serão apresentados erros frequentes na comunicação que impactam de forma negativa o custo final da obra e sua organização. Para isso usou-se da leitura de diferentes artigos e opiniões para expor esse assunto tão presente nos canteiros de obras mas que recebe pouco investimento para sua solução.

Palavras-chave: Má comunicação. Gestão. Construção Civil. Canteiro de obras

 

  1. INTRODUÇÃO

Desde a pré-história é possível notar a necessidade de comunicação entre os homens. Esta comunicação era feita de diversas maneiras, dentre elas: pinturas rupestres, ruídos e gestos que se tornaram, diante da evolução, os meios que conhecemos hoje: o alfabeto, a televisão, a internet e outros.  Meios esses utilizados para transmitir informações.

Segundo Chaves e outros (2014, p.13) “A comunicação pode ser definida como o processo que envolve a transmissão e a recepção de mensagens entre a fonte emissora e um destinatáro receptor […]”. No canteiro de obras, a comunicação é realizada muitas vezes para a tomada de decisões importantes, e se dá em sua maioria de maneira vertical, isto é, seguindo a hierarquia do projeto que, em ordem crescente de poder, baseia-se em: diretoria; gestor; responsável técnico; mestre de obra e equipe de execução.

Neste artigo será mostrado como a comunicação ineficiente gera prejuízos tanto para o desenvolvimento do empreendimento bem como para as demais partes envolvidas.

  1. DESENVOLVIMENTO

2.1 Comunicação

 Na Construção Civil pode-se observar o desenvolvimento de grandes projetos que requerem uma ampla equipe para seu planejamento e execução. Porém, quanto maior o número de pessoas envolvidas mais chances há de ocorrer erros na comunicação. Sendo assim, é importante que a troca de informações pertinentes ao projeto seja feita da forma mais direta possível, com o mínimo de interferência e o máximo de detalhes.

A deficiência na comunicação organizacional tem gerado desequilíbrio no trabalho em grupo, bem como perda de qualidade de vida, baixa produtividade, aumento de stress e conflitos, além de baixa motivação. Tudo isso tem provocado um grande prejuízo a médio e longo prazo na organização. Essa falta de interação das pessoas nas equipes de trabalho fatalmente impedirá o alcance das metas e objetivos organizacionais. (SILVA, GÓIS E OLIVEIRA, 2009, p. 2)

Figura 1- A comunicação move o Projeto

 

Fonte: https://pmkb.com.br/artigos/a-comunicacao-eficiente-na-construcao-civil/

A falta de comunicação pode causar sérios prejuízos financeiros ao projeto. O PMI (Project Management Institute) em um estudo muito importante sobre o papel da comunicação revelou que a cada 1 bilhão de dólares gastos em um projeto, 135 milhões de dólares são colocados em risco levando em conta a ineficiência e falhas. E neste cenário só a comunicação representa 56% desse valor, ou seja, representa 75 milhões de dólares. Veja representação no gráfico abaixo:

Gráfico 1- O valor em risco para cada U$$1bilhão gasto em um projeto

Fonte: ©2013 Project Management Institute, Inc. The Essential Role of Communications, May 2013.

Ainda segundo o PMI 2013, dois projetos a cada cinco não conseguem atingir os resultados esperados, sendo que a ineficiência da comunicação é responsável por metade desses insucessos. A pesquisa realizada pondera que as empresas que transmitem informações sobre o projeto (como as estratégias usadas e os benefícios adquiridos) com mais frequência tem mais chances de obter sucesso que as organizações que não fazem esse tipo de comunicação ou a fazem com baixa frequência. Uma comunicação clara e detalhada permite que não haja falha no gerenciamento do plano, o Project Management Institute em seu estudo mostra que quatro a cada cinco projetos tem seus objetivos alcançados quando há uma comunicação transparente e feita na linguagem do público alvo.

2.2 Medidas preventivas para evitar falhas da comunicação no canteiro de obras

 

Atualmente a comunicação entre a parte que planeja e a parte que executa o projeto é feita por plantas, memorandos, fotos, planilhas de orçamento, reuniões, placas, sinalizações, etc. Mas da mesma forma que a troca de informações é aliada, feita da forma errada ela pode se tornar vilã. “A sobrecarga de informações ocorre quando indivíduos recebem mais informação relevante do que eles conseguem absorver […] ou quando  a eles é enviada grande quantidade de informação não solicitada.” (NASCIMENTO; SANTOS, 2003, p. 72). Isso caracteriza o  information overload, por isso deve-se disponibilizar informações detalhadas em períodos pertinentes.

Figura 2- Fatores que influenciam a gestão de um projeto.

Fonte: http://nej-ufba.blogspot.com.br/2012/08/gerenciamento-de-projetos-otimizacao-de.html

A habilidade de se expressar bem pode ser aprendida e treinada pela maioria das pessoas, assim como a comunicação pode ser melhorada com algumas práticas simples, como é sugerido abaixo:

  1. Conscientize a liderança sobre a importância da comunicação

Como já apontando anteriormente é notório a importância da comunicação, tendo em vista que, a maior parte das informações vem dos líderes. É de extrema relevância que se preze pela eficiência no recebimento da mensagem. Deve-se criar um canal de comunicação com os funcionários, dando abertura para feedbacks.

  1. Reuniões

Reuniões periódicas com a equipe fornecem um espaço de comunicação no qual as pessoas podem interagir e expor suas ideias, mas é importante ter cuidado com reuniões improdutivas, deve-se atentar para discutir soluções para os problemas levantados; definir prazos e responsáveis pela resolução de cada um deles.

  1. Palestras e treinamentos

É recomendável promover palestras e treinamentos para tirar dúvidas e informar os funcionários sobre os procedimentos a serem executados, muitos problemas nos canteiros de obras surgem pela falta de capacitação das pessoas envolvidas.

  1. Sinalização

A sinalização deve ser feita por meio de quadros informativos, placas e avisos. Informações sobre equipamentos de segurança, áreas de risco e procedimentos de emergência devem estar visíveis por todo o canteiro.

 

  1. CONCLUSÃO

Pode-se inferir com a pesquisa bibliográfica feita que a má comunicação afeta os aspectos financeiros, pessoais e materiais da organização. Ela gera conflitos, indecisões na execução do projeto, falta de confiança e criatividade, entre outros. É importante estabelecer um feedback entre as equipes envolvidas no projeto, tanto para saber se a mensagem recebida foi de fato entendida quanto para saber o andamento do empreendimento. Manter a situação atualizada e clara gera confiança entre as partes. É necessário partilhar o andamento do projeto, seja este condizente com o planejado ou não. Deve-se também adequar a mensagem ao ambiente o qual esta será transmitida,   isto é, a coordenação deve evitar o uso de jargões para falar com seus subordinados, já que a maioria possui pouca ou nenhuma instrução escolar. O uso de uma linguagem simples é mais adequado.

—————————————————————————————————————————————————————–

Esse artigo faz parte de uma série que foi desenvolvida pela turma do curso de Pós-graduação de Gestão de Projetos de Engenharia do UNI-BH, com a orientação do Elienay Marçal Fialho Fuly. Veja a programação de publicação dessa série:

Artigo 00 – AUTO CAPACITAÇÃO DE TIME DE PROJETOS: BASE PARA MATURIDADE EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS (Disponível 03-10-2018) – Leia esse artigo, clique aqui.
Artigo 01 – O uso da tecnologia BIM como ferramenta na Gestão de Projetos; (Disponível no dia 17-10-2018) – Leia esse artigo, clique aqui
Artigo 02 – Crescimento cervejeiro: o progresso que a gestão de projetos proporciona; (Disponível no dia 31-10-2018) – Leia esse artigo, clique aqui
Artigo 03 – A importância da otimização produtiva nas indústrias; (Disponível no dia 14-11-2018) –  Leia esse artigo, clique aqui.
Artigo 04 – As consequências da má comunicação dentro do canteiro de obras na construção civil; (Disponível no dia 28-11-2018)
Artigo 05 – Metodologias Ágeis em projetos de engenharia; (Estará disponível no dia 12-12-2018)
Artigo 06 – Problemas e prejuízos pelas falhas de comunicação entre setores da engenharia; (Estará disponível no dia 26-12-2018)

REFERÊNCIAS

 AMBIENTE CONSTRUÍDO. Porto Alegre. n. 1. Janeiro/março. 2003. Disponível em: < http://petengenharias.com.br/wp-content/uploads/2014/10/3443-11810-1-PB.pdf>. Acesso em: 01 set. 2018.

CHAVES, Lúcio Edi et al. Gerenciamento da comunicação em projetos. 3. ed. Rio de Janeiro: FGV, 2014.

REVISTA ELETRÔNICA DE ADMINISTRAÇÃO. Sergipe. n. 15. Julho-Dezembro. 2009. Disponível em: <file:///C:/Users/User/Downloads/368-1169-1-PB%20(1).pdf> Acesso em: 30 ago. 2018.

 ©2013 Project Management Institute, Inc. The Essential Role of Communications, May 2013.

 

Sobre os autores:

Magna Gomes da Cruz, 23 anos, formada em Aprendizagem Industrial em Processos Administrativos pelo SENAI/MG (2014); graduada em Engenharia Civil, pelo Centro Universitário Newton (dezembro/2016). Realiza Pós-Graduação em Gestão de Projetos de Engenharia na UniBh, com previsão de formatura para o primeiro semestre de 2019. Atualmente trabalha na empresa Esteio Engenharia e Aerolevantamentos SA como cadastradora. Fazem parte da descrição do cargo medir casas e apurar suas características construtivas para fins de atualização do IPTU. A maior experiência, porém, adquirida neste cargo é como lidar com o contribuinte (cidadãos pagantes do imposto) e convencê-los do porquê a medição é benéfica e importante para os mesmos. Atua também como autônoma na elaboração de projetos estruturais, arquitetônicos, hidráulicos, elétricos e planilhas de orçamento. Busca uma oportunidade na área de Engenharia Civil para experenciar novos desafios e crescer como profissional. Email de contato: magnagomescruz@gmail.com

 Marcela dos Santos Silva, 25 anos, graduada em Engenharia Civil pelo Centro Universitário de Belo Horizonte (2016), cursando Pós-Graduação em Gestão de Projetos de Engenharia no Centro Universitário de Belo Horizonte, com termino previsto para no fim do primeiro semestre de 2019. Iniciou os trabalhos com Engenharia em 2013, desde então trabalhou com orçamentos, controle de custos, contratações e monitoriamento de serviços, gerente de produção em prédio comercial e residencial, e atualmente trabalha em gerenciamento de projetos e obras. E-mail de contato: marcelasantoscivil@gmail.com

 Nathália Gomes Santos, 26 anos, graduada em Engenharia Civil pela Universidade Fumec (2017), cursando Pós-Graduação em Gestão de Projetos de Engenharia pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNIBH (2018). Trabalhou prestando suporte no desenvolvimento e remanejamento de projetos de saneamento destinados a Órgãos Públicos, em projetos executivos e no desenvolvimento de projetos topográficos. Atualmente, está à procura de uma oportunidade no mercado de trabalho. E-mail de contato: nathaliags1992@gmail.com

Rafael Guilherme Vieira Dias, graduado em Engenharia Civil pela Universidade FUMEC (2017). Cursando Pós-Graduação em Gestão de Projetos de Engenharia pela UniBh. (2018). Atualmente, atua como Técnico de Projetos e Obras em projetos de gasodutos com as funções: estudos de traçado de redes de distribuição de gás natural, cálculos de dimensionamento, auxílio em estudos de viabilidade, conferência e aprovação de projetos executivos, Data Book e Às Built. Gestão de contratos de projetos executivos, elaboração de procedimentos internos, orçamentos de rede interna de gás natural para conversão de GLP para gás natural. Experiência de três anos em obras prediais, atuando como gestor, tendo como atribuição o planejamento da obra, fiscalização de execução de serviços, análise de interferências de projeto, gerenciamento de contratos, orientações técnicas ao mestre de obra e encarregados e a contratação de empreiteiros. E-mail de contato: rafaeldias14@gmail.com

Thais Francine Teodoro Pereira, 24 anos, formada em Processos Administrativos pelo SENAI/MG (2012), graduada em Arquitetura e Urbanismo pelo Centro Universitário UNA (2018), cursando Pós-Graduação em Gestão de Projetos de Engenharia pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNIBH (2018). Trabalha desde os 17 anos, sobretudo na área da construção civil, atuando com controle de custos da obra, auxiliar de projetos, estudo de viabilidade, aprovação de projetos na prefeitura, orçamentos, compra de insumos, controle de documentos da obra, contratação de mão de obra e compatibilização de projetos. Atualmente está à procura de uma oportunidade no mercado de trabalho. E-mail de contato: thaisarqurb@outlook.com

Elienay Marçal Fialho Fuly  (ORIENTADOR) –  Graduado em Engenharia de Produção, Pós-graduado em Engenharia de Produção Enxuta / Melhoria Contínua, MBA em Administração de Projetos e MBA Executivo em Gestão de Negócios. Atualmente atua como Engenheiro de Processos Sênior no ramo automotivo. É professor de cursos de pós-graduação nas áreas de Gestão de Projetos, Engenharia de Custos & Orçamentos e Matemática Financeira Aplicada. É consultor de soluções em Engenharia de Processos e Melhoria Contínua desde 2014. É palestrante em temas de Gestão de Projetos, Redução de Custo, Engenharia de Planejamento, Engenharia de Produção, Melhoria Contínua e Matemática Financeira. Possui experiências nas áreas de Gestão e Engenharia de Processos, Produção, Qualidade e Administração de Contratos. E-mail de contato: elienayfuly@gmail.com.

Imprimir

Editor

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

Li e concordo com a Política de Privacidade

Compartilhe:

Av. Prudente de Morais, 840 Conjunto 404

++55(31) 3267-0949

contato@pmkb.com.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs