Project Management Knowledge Base – Conhecimento e Experiência em Gerenciamento de Projetos

Clique Aqui para uma busca avançada.

Dica da Larissa Saúde e segurança é um bom negócio/investimento

Publicado em 24/09/2020

Apesar de apresentarem conceitos diferentes, tanto os acidentes de trabalho como os incidentes servem de subsídeos para o planejamento da Gestão de Segurança do Trabalho e Meio Ambiente, e ,consequentemente, para o alcance da produtividade almejada.

Os incidentes, bem menos conhecidos que os acidentes de trabalho, configuram os episódios que não provocam perdas significativas e interfira no trabalho do funcionário, mas que, assim como os acidentes, devem ser avaliados pela equipe de Segurança do Trabalho para auxiliar na tomada de decisões.

É com base nesses dados que planos de ações de controle e prevenção são realizados, pois tais informações representam as não conformidades necessitantes de ações eficazes para correção e prevenção. Vale ressaltar, que, constantemente, a verificação desses dados deve ser realizada, pois as não – conformidades, além de perdas de certificações, podem resultar em penalidades para os empreendedores e seus prepostos.

E já que a prioridade de uma empresa no que diz respeito aos acidentes de trabalho deve, ou ao menos deveria, ser a prevenção, vale destacar que o treinamento é a forma mais eficaz para atingir este objetivo. Uma vez que, como um colega de trabalho gosta de mencionar: “Conhecimento é vida!”. Afinal, às vezes, por falta de informações pessoas se acidentam, e, infelizmente, em certos casos vêm a órbito.

Há ainda aqueles que imprudentemente mesmo tendo conhecimento dos perigos e riscos aos quais encontram-se sujeitos, agem de forma inadequada colocando a sua vida, e mesmo as de outras pessoas em risco. Tornando necessário, portanto, uma fiscalização efetiva, mas ainda mais, uma gestão competente que se atente aos serviços realizados dentro de uma empresa, visando sanar e/ou mitigar os riscos derivados das atividades.

O difícil é saber que mesmo muitas empresas tendo conhecimento da importância em manter um setor, ou ao menos um profissional qualificado para assegurar que os trabalhadores estejam trabalhando em segurança, não se preocupam com a saúde e bem estar dos seus colaboradores. E o resultado disso é bem claro: diversos profissionais da área demonstrando os seus sentimentos de descontentamento com a profissão, denotando o quão ingrata é a área com seus trabalhadores.

Mas há ainda as que se salvam: Aquelas que são cientes da relação entre segurança e produtividade, pois sabem que a redução do número de afastamentos elimina possíveis gastos com o colaborador, e ainda o isentam de traumas decorrentes dos acidentes, isto é, as empresas apresentam baixos indíces de ausência, e consequentemente, não possuem atraso na entrega de produtos e serviços por motivos de acidentes de trabalho.

Sobre o autor:

curva "s"

Larissa Soares – Graduada em Engenharia Civil,  atuou em empresas de variados portes, mas cujo foco sempre esteve na otimização dos processos e qualidade dos resultados. Foi eleita coordenado do Crea Jr -MG, um dos principais programas jovens da área tecnológica do país. LinkedIn: https://bit.ly/2zx576K

Imprimir

Editor

Ainda não recebemos comentários. Seja o primeiro a deixar sua opinião.

Deixe uma resposta

Li e concordo com a Política de Privacidade

Compartilhe:

Av. Prudente de Morais, 840 Conjunto 404

++55(31) 3267-0949

contato@pmkb.com.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs