Project Management Knowledge Base – Conhecimento e Experiência em Gerenciamento de Projetos

Clique Aqui para uma busca avançada.

Os Benefícios do Planejamento em Projetos de Engenharia

Publicado em 10/09/2020

RESUMO

Um projeto de engenharia pode apresentar muitas surpresas durante a sua execução, colocando em risco o seu sucesso. O planejamento é uma ferramenta essencial para se ter uma ampla visão, identificando suas oportunidades construtivas e destrutivas, em tempo, para que tudo corra bem durante todo o ciclo do projeto.

INTRODUÇÃO

Os projetos de engenharia sempre envolvem uma grande cadeia de materiais, serviços, mãos de obra, equipamentos e outros recursos. Tudo isso gera altos custos que são movimentados e devem ser monitorados, uma vez que é necessário prestar contas ao investidor ou dono daquele projeto. Além disso, espera-se que o projeto seja entregue dentro do escopo e prazo planejados. Assim, o planejamento se faz essencial nesse contexto.

DESENVOLVIMENTO

Os projetos de engenharia (obras no geral) têm um histórico no cenário nacional que apresenta resistência ao planejamento. Muitas vezes o planejamento é visto apenas como uma burocracia desnecessária. O cenário de um projeto de engenharia pode apresentar muitas incertezas, como por exemplo: atrasos de fornecedores, paralisações nas atividades por intempéries, embargos, dificuldades com mão de obra e outros.  Assim, o planejamento pode trazer grandes benefícios ao projeto, pois irá permitir análises, com antecedência, que irão evitar ou minimizar tais problemas.

Mattos (2019) destaca os seguintes benefícios do planejamento de projetos de engenharia:

  • Conhecimento pleno do projeto;
  • Detecção de situações desfavoráveis;
  • Agilidade de decisões;
  • Relação com o orçamento;
  • Otimização da alocação de recursos;
  • Referências para acompanhamento;
  • Padronização;
  • Referências para metas;
  • Documentação e rastreabilidade;
  • Criação de dados históricos;

Ainda segundo Mattos (2019), o ciclo de vida de um projeto apresenta as seguintes fases:

  • Concepção;
  • Desenvolvimento;
  • Execução;
  • Finalização.

O gráfico abaixo demonstra a importância de se tomar providências em tempo (Oportunidade Construtiva) para evitar ou mitigar qualquer situação desfavorável durante o projeto. Desta forma, quanto mais em cima da hora uma providência for tomada (Oportunidade Destrutiva), maiores serão os impactos, atrasos e até custos do que se a situação tivesse sido identificada e tratada com antecedência. Assim, é durante o planejamento do projeto que as Oportunidades Construtivas serão identificadas.

 

Figura 1: Grau de oportunidade de mudança em função do tempo – Fonte: Mattos (2019)

Além desse importante mecanismo de se ter um cenário e uma previsão mais assertiva do projeto, as saídas do planejamento (como cronogramas, histogramas, programações, listas de atividades atrasadas, adiantadas e início próximo, Curva S, etc.) servirão não apenas como guias para a equipe do projeto, mas também como importantes documentos e ferramentas de controle para a prestação de contas, pleitos e referências para empreendimentos futuros.

 

REFERÊNCIAS

PMI – Project Management Institute. Um Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos: (Guia PMBOK) – sexta edição. Pennsylvania: PMI Book Service Center, 2017.

MATTOS, Aldo Dórea. Planejamento e Controle de obras. 2 ed. Belo Horizonte: Oficina de Textos, 2019.

 

Sobre o autor:

Rodrigo Pierre – Engenheiro de Produção Civil e MBA em Gerenciamento Estratégico de Projetos pela universidade Fumec. Pós graduando em Engenharia de Planejamento pelo IETEC. É Técnico em Edificações (Senai). Há mais de dez anos no mercado, tem experiência com gestão de projetos e forte atuação com planejamento e controle de obras residenciais, industriais e prediais. Já trabalhou tanto em consultorias de gerenciamento, planejamento e controle, quanto em construtoras. Tem também experiência com os métodos ágeis de gerenciamento de projetos (Scrum). Atualmente, além de Analista de Planejamento, implantando e disseminando as boas práticas de planejamento, exerce a função de Product Owner na MRV Engenharia. Email: rodrigo.pierre.bh@gmail.com LinkedIn: linkedin.com/in/rodrigopierrebh

Imprimir

Editor

  1. Leonardo Sathler disse:

    Muito bom! Nota-se, em resumo, que a palavra-chave é “planejamento”. Esta evita grande dispêndio se realizado prudentemente observando todas as potenciais variáveis de um empreendimento. E o ponto de interseção entre as linhas do gráfico demonstram o limite temporal para que um perigoso sinistro ocorra, colocando em risco todo um investimento aplicado no projeto.

Deixe uma resposta

Li e concordo com a Política de Privacidade

Compartilhe:

Av. Prudente de Morais, 840 Conjunto 404

++55(31) 3267-0949

contato@pmkb.com.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs