3 comentários


  1. 9 meses atrás  

    Concordamos. Inicialmente diante do desespero do desemprego em que se encontravam, a primeira ideia que veio em mente foi sair precipitadamente investindo em uma empresa sem nenhum conhecimento sobre empreendedorismo, o que acarretou uma serie de problemas, desde funcionários ate questões burocráticas. A lição aprendida nessa parte foi que nenhum projeto pode ser feito sem um bom planejamento. Ao mesmo tempo tiramos outra lição dessa vez de forma positiva. Eles buscaram crescer diante da dificuldade e não desistiram mesmo sabendo que teriam um grande trabalho diante da trágica situação em que se encontravam, eles foram alem, entraram de cabeça num ramo arriscado porem totalmente novo, o que resultou num grande sucesso, que ninguém seria capaz de tentar copiar. Vimos nessa historia que momento algum os personagens perderam a esperança de vencer mas que precisava vir junto com uma boa organização, essa é a palavra chave para um bom negocio.

    Beatriz Ayesca e Jaqueline Santos

    Beatriz ayeska

  2. 9 meses atrás  

    Concordo com o autor, o filme apresenta um olhar diferente, no que tange à empreendedorismo e gestão de projetos, principalmente na ousadia do negócio. Contudo, o que mais me chamou a atenção foi a capacidade de resiliência, pois os personagens não planejaram o seu negócio, ponto determinante para o sucesso de qualquer empresa. Outro fato observado no filme foi a falta de critérios, comprometimento e cuidado em relação à escolha do local, equipamentos e equipe de trabalho, bem como o desleixo para com o cumprimento das prerrogativas da legislação trabalhista, fato que arruinou com o negócio de nossos personagens no início do filme. Acredito que neste caso, o enredo tomou outro rumo em virtude do querer, querer vencer, sem desanimar, quando isso ocorre de maneira verdadeira, o universo conspira a nosso favor, visualizar nossos projetos de forma detalhada é fundamental para sua concretização. Aprendi que não podemos desistir de um empreendimento diante do primeiro obstáculo ou primeiro insucesso, temos que tentar várias vezes, todavia de formas diferente até alcançar o alvo principal. Outro aprendizado não menos importante, foi que a precificação dos serviços/produtos é essencial para atingir ganhos financeiros, ou seja, ter lucro. O que aprendi de novo: que artefatos como logo, produtos de qualidade, são ferramentas poderosas quando conseguimos inovar, antecipar perante um cenário de escassez, isso faz toda diferença! Conclusão: è importante ressaltar que devemos querer, saber (nos preparar) e aproveitar as oportunidades, lembrando que as pessoas são o bem mais importante de uma empresa. Devemos acreditar em nossa capacidade, pensar grande e sonhar, não podemos deixar de sonhar, pois sonhar é o primeiro passo para realizar!!

    Sílvia Márcia Rodrigues
    GPPP 163

    Silrodd Rodrigues

  3. 9 meses atrás  

    Concordo, o filme demonstra lições acerca de empreendedorismo. Os personagens do filme em exclusividade formam a própria oportunidade ao inventar uma prestação de serviços de eliminação sobrenatural (assombrações dos fantasmas). Entretanto, é importante salientar que a aceitação do empreendimento é dada por diversos fatores, sendo eles internos e/ou externos. Os personagens foram negligentes em alguns fatores, e sem muitos critérios importantes no momento de empreender, tais como, ferramenta de trabalho, recursos humanos e aspectos jurídicos que poderiam efetivamente levar ao fim do negócio proposto. Com o filme (artigo), eu aprendo que o objetivo de uma gestão é reconhecer o valor do seu negócio e que no início a agilidade talvez seja mais importante que o planejamento, e que a segurança nunca é demais ao tomar medidas necessárias para proteger o negócio. O que aprendo sobre novidade no artigo é que devemos reconhecer o valor do nosso empreendimento quando se trata de um serviço e/ou produto novo e exclusivo, tanto do ponto de vista ético e monetário. Aprendo também que as estratégias de promoções quando bem propostas se tornam interessantes para o sucesso.

    Luciano Rodrigues Mendes
    GPPP 163

    Lucianorm

Deixe uma resposta