Ao completar 80 anos, antigos desafios ainda rondam a Praça Raul Soares

Construída no chamado marco zero de Belo Horizonte, a Praça Raul Soares chega aos 80 anos com status de um dos principais símbolos da cidade, mas ainda às voltas com antigos desafios. O cartão-postal, inaugurado em 3 de setembro de 1936, é o único do gênero na capital cujo piso leva pedra portuguesa com mosaicos marajoara. Por outro lado, os jardins e o chafariz foram ocupados por dezenas de moradores de rua, situação certamente não imaginada por Aarão Reis (1853-1936).

O engenheiro-chefe da comissão que projetou a cidade pensou uma praça no encontro das avenidas Amazonas, Bias Fortes, Augusto de Lima e Olegário Maciel. Diante dela seria construído o prédio da prefeitura. As paredes, por falta de verba, não foram levantadas – a sede do Poder Executivo municipal foi erguida, anos depois da inauguração de BH (1897), na Avenida Afonso Pena, onde funciona até hoje.

Leia a notícia completa em: http://www.em.com.br

Deixe uma resposta