Project Management Knowledge Base – Conhecimento e Experiência em Gerenciamento de Projetos

Clique Aqui para uma busca avançada.

Avaliação de desempenho: como os ensaios podem reduzir os custos da obra

Publicado em 04/06/2018

Na postagem passada citamos que os ensaios laboratoriais não devem ser encarados como custos e sim, como investimentos com resultados muito positivos para os resultados da obra e após a entrega da obra. Então vejamos:

  1. Os ensaios podem reduzir custos da obra.

A título de exemplo, foram conseguidos ganhos significativos num conjunto habitacional popular, em alvenaria estrutural, ao ensaiarmos a argamassa e o groute especificados, onde os resultados mostraram que estavam superdimensionados. Associado a estes ensaios, foram realizados ensaios de prisma e de arranque da argamassa. Calcule a redução de custos, mantendo a qualidade, num conjunto habitacional.

Outro exemplo: na pavimentação das ruas centrais de um município do interior de Minas, o projeto previa a substituição do leito. Com os ensaios deste terreno foi verificado que o suporte era mais do que suficiente, evitando assim a sua substituição. A redução de custo neste caso foi muito significativa e sem a perda da qualidade dos serviços.

  1. Ensaios podem evitar retrabalho.

Vamos ao exemplo. Cerâmicas aplicadas no piso de áreas molhadas são muito sensíveis a umidade, que provocam dilatações e por consequência o seu desplacamento. Neste caso o ensaio antes da compra, evitará este retrabalho.

Da mesma forma, cerâmicas aplicadas na cozinha e áreas de serviço podem não resistir ao contato com produtos de uso diário que podem manchá-las, como vinagre, limão, contato com metais, alho e tantos outros. O ensaio determinará a resistência do esmalte da cerâmica à agressão destes produtos.

Você pode ter certeza que problemas desta ordem serão questionados pelos clientes e a sua substituição exigida judicialmente.

  1. Ensaios permitem você ganhar uma demanda judicial.

Nada como uma prova documental de que você fez as coisas como devem ser feitas e os ensaios laboratoriais são fundamentais neste caso.

Como provar que a vedação utilizada na sua obra atende ao desempenho acústico e térmico exigido pela NBR 15575? Portanto, use os ensaios a seu favor.

Sobre o Colunista:

Roberto Guidugli, Engenheiro Civil, Especializado em Engenharia Econômica pela Fundação Dom Cabral e mestre pela UFMG. É consultor de várias empresas privadas e estatais. Consultor associado a Luis Borges Assessoria em Gestão. Como professor, ministra cursos in company e em vários cursos de pós-graduações (lato sensu): UFMG, Cefet-MG e Fumec, entre outros. Possui artigos publicados no Brasil e no exterior.

E-mail de contato: meta@consultoresmeta.com.br

Se você tem comentários, sugestões ou alguma dúvida que gostaria de esclarecer, aproveite o espaço a seguir.

Imprimir

Editor

  1. Reginaldo Bernardes de Paula disse:

    O artigo em análise deixa clara a importância dos ensaios de laboratório na redução dos custos de um projeto da área civil, os ensaios testemunham a observância de parâmetros, estabelecendo registros para garantia da qualidade e quantidade necessária a ser utilizada na execução do projeto, especialmente para materiais como cerâmicas, argamassa e pavimentações. Também ressalta a importância dos ensaios quanto à rastreabilidade de cada serviço evitando retrabalhos futuros, como também registros documentados, passíveis de questionamentos jurídicos. Para cada material existem ensaios laboratoriais e de recebimento na obra, definidos por normas brasileiras e internacionais.

  2. Reginaldo Bernardes de Paula disse:

    O artigo em análise deixa clara a importância dos ensaios de laboratório na redução dos custos de um projeto da área civil, os ensaios testemunham a observância de parâmetros, estabelecendo registros para garantia da qualidade e quantidade, especialmente para materiais como cerâmicas, argamassa e pavimentações. Também ressalta a importância dos ensaios quanto à rastreabilidade de cada serviço evitando retrabalhos futuros, como também registros documentados, evitado possíveis questionamentos jurídicos. Para cada material existem ensaios laboratoriais e de recebimento na obra, definidos por normas brasileiras e internacionais

Deixe uma resposta

Li e concordo com a Política de Privacidade

Compartilhe:

Av. Prudente de Morais, 840 Conjunto 404

++55(31) 3267-0949

contato@pmkb.com.br

Seg á Sex de 09hrs á 18hrs